quinta-feira, 24 de abril de 2008

Amazonas investe na criação de moto flex

A AME Amazonas anunciou nesta quarta-feira o fechamento de um contrato com a empresa Delphi, especializada em eletrônica móvel, componentes e sistemas de transportes, para a produção de uma motocicleta bicombustível.

Batizada de AME GA (Gasolina/Álcool), a moto flex trará uma economia ao bolso do motociclista de cerca de 25%, segundo estimativa da fabricante. Além disso, contribuirá para uma menor geração de gases causadores do efeito estufa.

O projeto Multifuel para motocicletas feito pela Delphi começou há três anos, com o desenvolvimento do sistema bicombustível no Centro Tecnológico de Piracicaba (SP). De acordo com a empresa, o novo sistema para motos já estará adequado aos níveis de emissão do Promot 3, lei de emissões de gases que entrará em vigor em 2009.

A Amazonas, porém, ainda não sabe quanto tempo levará para a moto flex chegar às ruas.

2 comentários:

disse...

Putz! Que loco!!
Moto já é econômica (ao menos as de baixas cilindradas)... com álcool então...

Além de ajudar o meio ambiente!

rubão disse...

porra até que enfim pensaram na gente...
espero que saia logo pra gente poder termos mais uma opção de combustivel para usarmos nas magrelas...
o bom do alcool é que ele almenta o torque do motor pelo fato de que o alcool tem maior explosão que a gasolina batizada que colocamos nas nossas motos...