domingo, 12 de outubro de 2008

Moto bicombustível chega em março de 2009

Produto será lançado pela Amazonas Motocicletas Especiais.
Economia com combustível chega a 25%, segundo fabricante.

O lançamento da primeira motocicleta bicombustível do mundo foi confirmado para março do ano que vem, pela Delphi Automotive Systems do Brasil, que fornece a tecnologia de injeção eletrônica. O protótipo final da máquina - de 300 cc - foi apresentado nesta semana durante o Congresso SAE Brasil de engenharia da mobilidade, em São Paulo. A moto será fabricada pela brasileira Amazonas Motocicletas Especiais (AME).

Segundo a fabricante, a nova motocicleta AME GA, além de permitir escolher entre gasolina, álcool ou ambos, e ter uma menor geração de gases do efeito estufa, trará uma economia de cerca de 25% nos gastos com combustível. Preço e o número de unidades disponibilizadas no mercado ainda não foram divulgados.

De acordo com o presidente da Delphi Do Brasil, Gábor Deák, com a iniciativa da AME, outras quatro empresas já estudam a adesão à tecnologia. “A venda começa por marcas menores, mas em breve as grandes empresas irão adotar a tecnologia”, afirma.

Segundo ele, apesar de a moto flex começar no segmento popular, o sistema é bem atrativo ao mercado de luxo. “Sem dúvida a moto flex também será adotada no segmento de luxo”, diz.

Sobre o custo da tecnologia, o presidente da Delphi garante que somente pela economia de combustível, o investimento na moto “fica de graça”, ao levar em conta que um motoboy utiliza a motocicleta, em média, 150 km por dia.

A fabricação da moto bicombustível será iniciada junto com a inauguração da linha de montagem da empresa — atualmente, a Amazonas desenvolve os projetos no Brasil e os envia para a China, onde os produtos são montados.

Um comentário:

Eletrochave disse...

Seção Quebra-Galho: Aprenda já e de graça a consertar fechaduras e instalação elétrica em www.eletrochave.com.br